Principais Dúvidas

Covid-19 e grupos de risco


São considerados grupos de risco importantes com maior chance de complicação: pessoas com mais de 60 anos com ou sem doenças, diabéticos, hipertensos e outras doenças cardíacas, fumantes, asmáticos e portadores de outras doenças pulmonares, doenças que afetem a imunidade, câncer e doenças renais




Covid-19 e doenças crônicas (hipertensão diabetes, asma)


Quem tem doenças crônicas, como diabetes e pressão alta, deve continuar com o uso de suas medicações diárias. Apesar de alguns estudos já terem citado alguns medicamentos, não existe a recomendação de mudança por enquanto.

Se já pratica atividades físicas, fisioterapia motora ou respiratória, mantenha sua a sua rotina, respeitando o distanciamento social.

Os portadores dessas doenças estão enquadrados no grupo de risco.




Covid-19 e isolamento/distanciamento social


A recomendação atual é de 14 dias de distanciamento social. Significa não frequentar restaurantes, academias, cinemas etc. A orientação é se manter em casa.

Evite o deslocamento, peça apoio aos vizinhos, ou procure horários alternativos se realmente for inevitável sair de casa. Restrinja ao máximo número de pessoas que entram em casa.

Além do isolamento domiciliar deve-se atentar às medidas de higiene, como lavar as mãos ou usar álcool gel a 70%, não compartilhar objetos, manter uma distância entre as pessoas, evitar o toque e coçar os olhos, manter ambientes ventilados. Não tossir o espirrar sem proteção, ou usando as mãos. Para adultos que morem com idosos, siga as medidas acima e a limpeza de roupas, sapatos e objetos.




Covid-19 e o uso de máscara e de álcool em gel


A recomendação é que a máscara seja usada por todas as pessoas. Máscaras especiais, como a N95, são preferencialmente indicadas aos profissionais de saúde.

A recomendação da concentração do álcool gel é de 70%. Concentrações diferentes desta não se mostraram eficazes na eliminação do vírus. Prefira sempre lavar com água e sabão.

Importante ressaltar também a prática do distaciamento social.




Covid-19 e sugestões populares/automedicações


Siga somente as recomendações do Ministério da Saúde e do seu médico.

Devido à quantidade de dúvidas e incertezas estão surgindo inúmeras fake news. Não faça a automedicação.

Banho frio, uso de chás e plantas não ajudam na imunidade. Não há nenhuma comprovação de que medidas caseiras como bochechos, gargarejos, entre outros eliminem o vírus.




Covid-19 e sintomas


Em caso de sintomas leves, como coriza tosse e febre, permaneça em isolamento domiciliar, atente-se a hidratação adequada e o uso de medicações sintomáticas, conforme orientação médica. Evitar idas desnecessárias ao Pronto Socorro. Em caso de dúvidas, entre em contato, virtualmente ou por telefone, com os canais de comunicação disponíveis nos sistemas público e privado de saúde.

Sintomas graves, como febre persistente e dificuldade para respirar, procure o Pronto Socorro.




Covid-19 e animais domésticos


Não há evidências de que cães e gatos sejam contaminados e possam transmitir a doença. Mas use o bom senso com seu animal de estimação. Estamos todos em distanciamento social.

Lembre-se dos cuidados de higiene após o passeio, que também deve ser reduzido, ser realizado em ambientes abertos e em horários com menor circulação de pessoas.

Se você for do grupo de risco ou morar com alguém deste grupo, peça o apoio aos vizinhos para esta tarefa e evite sair de casa.




Covid-19 e teste do Coronavírus


O teste só deve ser feito para pacientes suspeitos e em pior estado de saúde (internados), para ajudar no tratamento correto, pois outras doenças (outros tipos de vírus ou infecções bacterianas) podem causar sintomas semelhantes. Procure o Pronto Socorro caso apresente dificuldade para respirar.




Covid-19 e vacina influenza


A vacina é produzida por vírus inativados (vírus mortos e fracionados), portanto não se pega gripe a partir da vacina. Todas as pessoas que estão no grupo de risco devem ser vacinadas. A contraindicação é alergia à clara de ovo e febre. Procure a Unidade Básica de Saúde e pontos cadastrados pelo governo. Busque horários alternativos e faça o distanciamento na fila. Clínicas particulares podem oferecer opções como vacinação domiciliar.




Covid-19 e cuidadores


Pessoas com mais de 60 anos, a recomendação é fazer isolamento social, mesmo sem a presença de doenças crônicas. Demais cuidadores, deve-se ter o cuidado para evitar o contágio, como trocar de roupa, limpeza de objetos com água e sabão ou álcool gel a 70%, não compartilhar objetos e higiene frequente das mãos. Se possível evitar meios de transporte público.




Covid-19 e etiqueta de tosse:


Evite tossir em direção às mãos, utilize cotovelos ou ombros e sempre cubra a boca com papéis ou lenços descartáveis, jogando-os fora imediatamente e higienizando as mãos em seguida.




Covid-19 e Hidroxicloroquina:


Existem dados iniciais de benefício de uso de hidroxicloroquina em alguns pacientes com casos graves de Covid-19. Não há benefício comprovado do uso desta medicação para prevenir casos ou em situações de sintomas leves. Ela só deve ser utilizada após a avaliação do paciente por um médico.




Covid-19 e limpeza de móveis, roupas e objetos:


O vírus pode estar presente em superfícies, roupas e objetos. Todas as superfícies e objetos/roupas devem ser higienizados com: álcool 70% ou água + sabão ou cloro/água sanitária (siga as instruções do rótulo do produto para a diluição correta). Nunca passe água sanitária no corpo.





  • Facebook
  • Instagram